QC Sexo

Como aumentar a libido masculina: 5 dicas infalíveis!

Como aumentar a libido masculina

Sabe aquela história de que homens só pensam em sexo? Pois bem, saiba que isso não passa de um mito. Na verdade, a realidade é bem diferente. Pesquisas mostram que a cada cinco homens, um possui apetite sexual abaixo do normal. Por isso, é comum que rapazes busquem maneiras de como aumentar a libido masculina e voltar a sentir vontade de se relacionar sexualmente com suas parceiras.

Ainda que seja um problema normalmente encontrado em pessoas mais velhas, sejam elas homens ou mulheres, a falta de desejo sexual também pode afetar pessoas mais novas e tem origem em diferentes raízes, como questões emocionais, psicológicas, hormonais, má alimentação e hábitos diários e até resultado de alguma doença.

Na maioria dos casos, a falta de libido masculina está ligada ao estresse e a ansiedade decorrentes de problemas pessoais, familiares ou profissionais. A diabetes também é um fator que diminui o apetite sexual, assim como o uso de alguns medicamentos e o consumo excessivo de álcool. Outro ponto que pode prejudicar a sua vida amorosa é a baixa produção de testosterona, o hormônio no homem responsável pela libido.

Se você está enfrentando este problema por algum dos fatores que citamos acima ou por qualquer outro motivo, não se preocupe. A seguir, vamos mostrar como aumentar a libido masculina de maneira natural com 5 dicas. Confira!

1. Faça uma dieta balanceada com alimentos que ajudem a aumentar seu apetite sexual

Existem muitos alimentos afrodisíacos que possuem o poder de aumentar o seu apetite sexual e melhorar o desempenho na cama. Ao ingeri-los, há melhor circulação do fluxo sanguíneo e o estímulo à liberação de hormônios relacionados ao sexo, como é o caso da serotonina e da noradrenalina.

É importante que você saiba que os alimentos que auxiliam no aumento da libido masculina devem entrar na sua dieta diária e serem consumidos frequentemente, uma vez que os seus efeitos acontecem a médio e longo prazo.

Alguns destes alimentos que ajudam a aumentar o seu apetite sexual são: café, chocolate, guaraná, amendoim, figo, banana, ovo de codorna, abacate, mel, pimenta, mostarda, curry, ginseng e muitos, mas muitos outros.

Como aumentar a libido masculina

2. Faça remédios caseiros

Agora que você conhece os ingredientes que são seus aliados na luta de como aumentar a libido masculina, é hora de aprender algumas receitas que servem como remédios caseiros e que farão com que você volte a ter apetite sexual.

Açaí com Guaraná

A receita traz a combinação entre uma fruta afrodisíaca (açaí) com outra que apresenta propriedades estimulantes (guaraná). A mistura de algumas frutas a esse remédio caseiro potencializam os efeitos.

Ingredientes

  • 2 litros de água;
  • 400 g de açaí em polpa;
  • 2 colheres (sopa) de guaraná em pó;
  • Morangos picados (meia caixa);
  • 4 colheres (sopa) de açúcar mascavo;
  • ½ colher (sopa) de canela em pó;
  • 2 colheres (sopa) de mel.

Como preparar

Adicione todos os ingredientes em um liquidificador e bata até que se obtenha uma mistura homogênea. Depois, coloque em um copo e beba o suco. É recomendado que se tome este remédio caseiro pelo menos três vezes ao dia.

Chá de plantas medicinais

Outro bom remédio de como aumentar a libido masculina são os chás com plantas medicinais, como a catuaba e a salsaparrilha. Elas são afrodisíacas e ajudam a aumentar o tempo de duração da ereção.

Ingredientes

  • 250 ml de água;
  • 1 colher (sopa) de casca de catuaba;
  • 2 colheres (sopa) de raiz triturada de salsaparrilha.

Modo de preparo

Coloque em uma panela todos os ingredientes e deixe ferver. Depois que o chá estiver fervido, desligue o fogão e espere até que ele fique morno. Em seguida, basta coar e beber a mistura. Mais uma vez, recomenda-se que a catuaba com salsaparrilha seja bebida três vezes durante o dia.

3. Melhore seus hábitos diários

A falta de desejo sexual pode ser motivada por fatores psicológicos que acabam interferindo a forma como o organismo produz seus hormônios. Por isso, é importante que se mantenham hábitos saudáveis diários para ajuda-lo a deixar tudo funcionando em ordem.

Comece regulando o seu sono. Não dormir as 8h diárias necessárias ou dormi-las mal pode pesar no seu apetite sexual. Quando se dorme bem durante a noite, ocorre o aumento da produção de testosterona, fazendo com que haja uma quantidade maior dele em seu organismo no dia seguinte.

Com concentração maior deste hormônio, os níveis de libido masculina voltam a ficar normais, principalmente durante as primeiras horas do dia.

Além de descansar corretamente, a prática de esportes também ajuda em como aumentar a libido masculina. A endorfina liberada durante os exercícios físicos consegue combater o estresse e impedir que você fique sem apetite sexual.

Como aumentar a libido masculina

4. Esteja bem consigo mesmo

Não estar feliz com seu corpo ou com o seu desempenho na cama acaba afetando o seu psicológico e fazendo com que você perca a vontade de praticar sexo com frequência. Portanto, esteja bem consigo mesmo, tenha autoconfiança e autoestima. Afinal, se sua parceira está querendo se relacionar intimamente com você é sinal de que ela está satisfeita com o que recebe.

5. Experimente coisas novas

Quando se está há muito tempo com a mesma pessoa, é normal que o relacionamento caia na rotina e que o sexo vire mesmice, diminuindo a sua vontade de praticá-lo.

Então, experimente coisas novas. Tente posições que você nunca realizou, faça sexo em lugares diferentes (seja em outros cômodos da casa ou em outros ambientes, como motéis, por exemplo). Realize as suas fantasias e as da sua parceira.

Enfim, existem muitas coisas que você pode fazer para dar uma renovada na sua relação sexual e que vão te ajudar a ter mais vontade. A novidade é sempre bem recebida pelo cérebro e ajuda a aumentar a libido masculina.

Estas foram algumas dicas de como aumentar a libido masculina. Se mesmo seguindo os nossos conselhos você não sentir que o apetite sexual está voltando, procure um médico. A falta de vontade de fazer sexo pode ser sintoma de um problema maior com seu corpo ou mente e pode precisar de cuidados mais específicos do que apenas os que citamos acima.

Deixe seu comentário!