QC Sexo

Masturbador masculino: tipos e como escolher o melhor

Masturbador masculino

Para aqueles homens que estão à procura de um masturbador novo ou àqueles que nunca compraram um, essa tarefa pode ser, sem dúvida, estimulante e divertida. Além disso, se a escolha seguir a linha correta e for acertada, ela também pode ser recompensadora.

De fato, há uma extensa variedade de modelos, estilos, materiais e fabricantes de masturbadores masculinos. Assim, a tarefa de escolher o masturbador ideal para você pode ser difícil. Em especial se você é um iniciante e ainda não sabe o que espera ou prefere de um brinquedo sexual desse teor.

Em suma, o masturbador pode imitar o formato realista de uma parte do corpo (ânus, boca ou vagina), ou pode ser um brinquedo temático, associado algo que não é comumente associado ao sexo. O importante, no fim das contas, é que você tirar proveito de todo potencial do masturbador escolhido.

E para assegurar que isso ocorra, nós preparamos um guia básico dos tipos de masturbador masculino e como escolher o perfeito para você.  Assim, você não precisará lidar com a preocupação de escolher um modelo errado ou de baixa qualidade.

O que, afinal, é um masturbador masculino?

Um masturbador masculino nada mais é do que mais um produto de teor erótico voltado para o público adulto. Em suma, o brinquedo auxilia os homens a obterem prazer por meio da estimulação da próstata ou do pênis.

Nos dias atuais, graças à quebra crescente de tabus sexuais, é possível encontrar uma variedade grande de modelos e marcas. Cada um deles oferece aos seus consumidores funções diferentes, bem como versões adaptadas para todas as preferências.

Por exemplo, é possível encontrar modelos realistas voltamos a simular zonas corporais como boca, ânus e vagina. Além disso, os masturbadores modernos também agem como um vibrador, possuindo texturas distintas para potencializar a sensação experimentada por seus usuários

Masturbador masculino

O masturbador é indicado para qual público?

O masturbador não faz distinção entre sexualidade e preferências, por exemplo. Eles são recomendados para os homens como um geral. Contudo, é importante frisar que, por se tratarem de brinquedos eróticos, são direcionados ao público adulto. Ou seja, para homens que já atingiram a maioridade e portanto tem dezoito anos ou mais.

Embora o principal propósito seja uma experiência prazerosa por intermédio da masturbação, o masturbador também é recomendado para o público masculino que sofre com distúrbios sexuais. Como, por exemplo, ejaculação precoce e demais problemas relacionados a uma ereção saudável. Afinal de contas, eles melhoram a circulação sanguínea do órgão masculino.

Quais tipos de masturbador é possível encontrar?

Nos dias de hoje, existem três principais tipos de masturbador masculino. O mais popular deles é o realista, que possui uma forma anatômica e favorece a estimulação do órgão sexual masculino.

De fatos, eles são os masturbadores com um preço mais elevado no mercado. Contudo eles compensam por simular de forma eficiente uma relação sexual durante a masturbação. Além disso, os modelos de masturbador com vibração, o estímulo é ainda maior, pois faz todo o trabalho pelo homem. O preço pode variar dependendo das respectivas funcionalidades, mas normalmente tem um custo intermediário em relação às funções e o prazer proporcionado.

Os mais acessíveis e baratos, sem dúvida, são os masturbadores conhecidos como “manuais”. Isto é, todo o estímulo fica por conta do movimento do usuário e das texturas do brinquedo. De fato, o benefício desse modelo de masturbador é que ele permite um controle maior da velocidade e intensidade dos movimentos.

O que levar em conta em um masturbador?

Sem dúvida, as especialidades de um masturbador dependerá completamente do gosto peculiar do comprador em questão. Contudo, existem características que devem ser levadas em consideração ao adquirir um masturbador de qualidade. Assim, é possível assegurar que eles não sejam apenas mais um objeto ocupando espaço.

Entre essas considerações, duas delas merecem atenção:

O masturbador deve proporcionar conforto

De fato, o masturbador deve proporcionar conforto tanto para sua mão quanto para o seu órgão sexual. De fato, o último aspecto é mais fácil de testa no momento da compra, afinal, você pode simular o uso manual e os movimentos recorrentes. Contudo, vale a pena levar em consideração a maciez ao toque, afinal, ela pode ser decisiva para o prazer.

O masturbador deve ter fricção moderada

Outro fator relevante e essencial é que a fricção provocada pelo brinquedo no pênis não seja muito forte. Afinal, essa fricção “justa” e exagerada pode gerar irritação, machucados e assaduras no pênis.

Masturbador masculino

Dicas e cuidados com o masturbador

Material

Um dos mais decisivos e relevantes fatores quando falamos de um masturbador para o público masculino é o material com o qual ele é fabricado. Em suma, os masturbadores são criados a partir de TPE e silicone.

Sem dúvida, os masturbadores fabricados com silicone possuem uma qualidade superior. Além disso, os modelos são mais realistas que os demais em termos de acabamento. Por conseguinte, eles tendem a ser mais caros que os outros. Contudo, possuem o benefício de serem facilmente limpáveis, além de provocarem menos alergias.

O TPE, por sua vez, é um plástico de textura macia. Todavia, o material não é delicado como o silicone.  Porém, quando são produzidos levando em conta a qualidade, podem ser tão fáceis de limpar e confortáveis quanto o silicone. Além, claro, de terem o benefício de serem mais baratos. Há única dica é conferir se o brinquedo não possui nenhum componente que possa provocar alergia.

Limpeza

Sem dúvida, a higienização do brinquedo erótico – tanto depois quanto antes do uso – é de extrema importância. Afinal de conta, ela previne a proliferação de bactérias e germes que podem provocar doenças.

Lubrificante

Não ignore essa dica! O gel lubrificante é muito importante, pois evita os desconfortos e dores que podem ser provocados pelo masturbador.

Segurança

Não menos importante, é imperativo estar atento à segurança proporcionada pelo brinquedo. Isto é, é preciso se certificar de que o produto escolhido é seguro para uso. Essa recomendação é especialmente direcionada aos masturbadores que incluem vibrador ou para aqueles que envolvem o pênis completamente.

Afinal, embora uma pressão pequena no masturbador possa ser benéfica para potencializar a sensação e estímulo de prazer, isso pode ser prejudicial a longo prazo.

Deixe seu comentário!