QC Sexo

Entenda o que é e o que faz um “pau amigo”

Começar um relacionamento com um “pau amigo” pode ser muito divertido libertador. Afinal, é uma conexão sem amarras entre duas pessoas que se gostam e confiam uma na outra. Mas, claro, isso não significa necessariamente que seja simples.

É difícil prescrever um conjunto de regras bem definido porque cada situação é diferente, mas uma coisa que a maioria dessas relações tem em comum é a necessidade de comunicação.

É sempre uma boa ideia falar, em algum momento, sobre as expectativas. É preciso muita conversa franca antes do divertimento começar, para que as coisas não fiquem complicadas se ambas as partes não estiverem na mesma página.

Um pau amigo não necessariamente precisa ser romântico, não precisa te pegar em casa e levar para jantar em um bom restaurante. Não precisa ficar esperando a ligação dele para assistir a um filme em sua casa.

Quando você decide ter um pau amigo, tenha em mente alguns desses conselhos abaixo.

Pau amigo, um novo tipo de relacionamento

Quando se trata da questão do pau amigo, as opiniões são divididas. Não há uma conclusão definitiva, porque o resultado desse tipo de relacionamento está intimamente relacionado às características dos envolvidos. Em alguns casos, tudo corre bem. Em outros casos, é pura confusão.

Hoje, muitas mulheres têm um pau amigo. Eles são espontâneos, às vezes têm acordos objetivos e às vezes não.

Permanecer amigos, sem deixar que o sexo mude a natureza, compromisso ou rótulo da relação da amizade é o básico. Geralmente funciona bem quando os dois conscientemente aceitam as regras estabelecidas para esse relacionamento e as respeitam.

Dificuldades só aparecem quando o acordo não está claro para qualquer uma das pessoas.

Pau amigo: sexo sem compromisso

Em princípio, ter um pau amigo acontece quando duas pessoas que se conhecem têm atração uma pela outra, mas não há amor. E nenhuma das duas quer compromisso. É uma condição de relacionamento mais comum entre os solteiros com faixa etária de 20 a 30 anos.

Embora possa haver sexo entre dois amigos, esse relacionamento não é igual ao que se tem com amantes. Isso significa que os sentimentos de amizade ainda estão presentes, mas não os sentimentos encontrados em um casal.

Esses amigos passam muito tempo juntos, conversam muito, fazem planos compartilhados, mas não possuem “obrigações de um casal”.

Dicas quentes:

As determinações para ter um pau amigo

Ter um pau amigo geralmente funciona quando as determinações forem respeitadas e você entra no jogo com total consciência. As normas básicas de um relacionamento como este são resumidas da seguinte maneira:

  • Não há espaço para reclamações de compromisso;
  • Nenhuma rotina de namoro é estabelecida;
  • Ambos podem ter outros relacionamentos, a qualquer momento;
  • Ambos não planejarão o futuro juntos;
  • Sem chances de viver juntos;
  • O sexo é muitas vezes casual e não planejado.

É importante que tudo seja feito da maneira mais clara possível. As coisas que não são ditas podem levar a mal-entendidos em um ou em ambos os lados.

Tudo fica melhor se as pessoas que decidem iniciar um relacionamento sexual como esse se conhecem bem.

Vale a pena elucidar que há situações em que esse tipo de relacionamento não é uma boa ideia. Por exemplo, quando você ou ele tem outro compromisso sério com uma outra pessoa. Esconder isso nunca acaba bem e pode resultar em confusão.

Tampouco é uma relação sexual saudável entre dois amigos quando as partes envolvidas são ex-namorados, por exemplo. Isso certamente levará a mal-entendidos.

Finalmente, se um dos dois começar a se apaixonar, a melhor coisa a fazer é expor isso à mesa e avançar de vez para um relacionamento ou acabar com o sexo casual com seu pau amigo, se a outra pessoa não se sentir da mesma maneira.

Prós e contras de se ter um pau amigo

Sexo com alguém que você gosta, sem toda a responsabilidade ou drama emocional que pode vir com um relacionamento mais sério, parece ideal. Embora sexo seja um ótimo benefício, há alguns outros altos e baixos que você pode querer considerar:

Prós

Sem joguinhos

Quando iniciar um relacionamento com um pau amigo, você não precisa se preocupar em parecer muito interessada ou preocupada em ligar para ele ou esperar que ele ligue para você. Em teoria, ter um pau amigo permite que você relaxe. É um acordo direto, vocês são amigos que fazem sexo, e nada mais.

Nenhuma das outras responsabilidades

Você não precisa conhecer a família dele e nem precisa ligar para eles se não quiser. Talvez você queira se concentrar em sua carreira ou você só quer ficar solteira. Nestes momentos, poder desfrutar do sexo com alguém que você conhece e se sente confortável pode parecer uma solução ideal.

É mais seguro do que uma noite com um estranho

O sexo casual pode colocá-la em situações potencialmente perigosas, mas o sexo casual com um amigo é menos arriscado.

Dicas quentes:

Contras

Uma falsa sensação de segurança pode causar DSTs ou gravidez

Sexo com um amigo pode ser mais seguro em alguns aspectos, mas não deixe que isso a leve a fazer sexo desprotegido e arriscado. Só porque ele é seu amigo, isso não o torna menos propenso a passar para você uma DST.

Da mesma forma, isso não significa que você tem menos probabilidade de engravidar.

E se ele e você também estiverem dormindo com outras pessoas ao mesmo tempo, estarão se expondo a um risco maior de exposição a doenças sexualmente transmissíveis também.

Você pode perder seu amigo

Um pau amigo coloca sua preciosa amizade em risco. O sexo pode confundir nossos sentimentos. Do lado fisiológico, à medida que os hormônios são liberados durante o sexo, você passa a se relacionar com ele em um nível emocional. E do lado psicológico, porque somos programados pela sociedade, filmes, etc. para conectar sexo com amor.

Isso coloca você em uma posição onde é muito mais provável se envolver emocionalmente, mesmo quando não planeja isso. E se ele não se sente da mesma maneira, isso vai colocar uma enorme pressão em sua amizade.

Nenhum dos outros benefícios

Se você quer um par para levar para o casamento de seus amigos, se você quer alguém para te dar o ombro para chorar depois de um dia ruim, se você quer que alguém que se aconchegue com você no sofá, seu pau amigo não é a pessoa ideal.

Por definição, seu pau amigo não pode ser confiável demais. Caso contrário, ele se move para a zona do relacionamento. Isso pode ser uma corda bamba complicada para andar e obter o equilíbrio certo requer que você seja bastante contida em sua relação.

Deixe seu comentário!