QC Sexo

Tadalafila: como usar, benefícios e cuidados

Tadalafila não é um nome muito conhecido no Brasil, mas suas propriedades já ajudaram milhares de homens a aumentar sua autoestima e qualidade de vida.

Estima-se que cerca de 2 milhões de homens sejam diagnosticados com problemas relacionados impotência sexual apenas no Brasil, que podem causar vários problemas como dificuldades no relacionamento conjugal, estresse e perda da autoconfiança.

Nos próximos parágrafos você vai descobrir o que é a Tadalafila, quais os benefícios do seu uso, seus efeitos colaterais e contraindicações.

O que é?

Tadalafila é um dos medicamentos mais utilizados no combate a disfunção erétil, uma das causas da impotência sexual.

Disponível no mercado desde 2003, esse medicamento é considerado a terceira pílula mais efetiva contra a impotência sexual masculina, juntamente com o Viagra e o Levitra.

Tadalafila foi desenvolvida pela ICOS, empresa especializada em biotecnologia, e comercializado sob o nome Cialis pelo laboratório Ely Lilly.

O que é a disfunção erétil?

Disfunção erétil é a incapacidade do organismo masculino de obter ou manter uma ereção por tempo suficiente para que uma relação sexual seja considerada satisfatória.

Para que o organismo consiga obter uma ereção considerada satisfatória é preciso que vários órgãos funcionem em harmonia, e quando alguma dessas partes não está em sintonia com as demais a ereção é prejudicada.

A disfunção erétil pode ocorrer de maneira isolada ou como reflexo de outras diversas doenças, como diabetes, hipertensão arterial, sedentarismo e obesidade, por exemplo.

As principais causas da disfunção erétil são:

  • Doenças neurológicas;
  • Cirurgias pélvicas;
  • Problemas vasculares;
  • Doenças hormonais;
  • Distúrbios psicológicos;
  • Consumo de medicamentos em excesso.

O diagnóstico da doença será feito pelo médico após identificar se existe a presença de algum, ou todos as causas mencionadas acima, além de examinar o histórico do paciente para descobrir se a disfunção erétil pode ser reflexo de alguma outra doença.

Na grande maioria dos casos apenas a investigação clínica é suficiente para diagnosticar a disfunção erétil.

É preciso ressaltar que a dificuldade em obter uma ereção ou mantê-la por tempo suficiente que aconteça esporadicamente não significa que o indivíduo tem um diagnóstico confirmado de disfunção erétil.

Diversos fatores do dia a dia podem fazer com que a reação física do organismo aos estímulos sexuais não seja a desejada, sem que isso seja necessariamente uma doença.

Ação após o uso de Tadalafila

O uso de Tadalafila é recomendado para homens que procuram tratamento para problemas como a dificuldade de conseguir ou manter uma ereção por um período.

Quando há o estímulo sexual o organismo do homem possui como resposta física normal o aumento do fluxo de sangue para o pênis.

Nos casos de pacientes com quadros de disfunção erétil o uso de Tadalafila pode ajudar a aumentar e manter o fluxo sanguíneo para a região peniana, fazendo com que o pênis se mantenha ereto tempo o suficiente para que a relação sexual seja satisfatória.

Depois de finalizada a relação sexual, o fluxo sanguíneo volta aos níveis anteriores aos estímulos iniciais, fazendo com que a ereção termine.

É importante ressaltar que o uso de Tadalafila sozinho não terá qualquer tipo de efeito, sendo necessário que exista também a estimulação sexual para que o medicamento tenha o efeito desejado.

O tempo necessário para que Tadalafila possa fazer efeito é de cerca de 30 minutos, podendo agir por 36 horas em média.

Posologia

A dose ideal de Tadalafila vai depender da necessidade de cada paciente, o que só pode ser definido por um médico capacitado para identificar a causa da disfunção erétil e o melhor tipo de tratamento.

Normalmente a Tadalafila pode ser encontrada com diversos nomes e objetivos de tratamento:

  • Tratamento diário de disfunção erétil – Tadalafila 2,5 e 5mg;
  • Tratamento de disfunção erétil ocasional – Tadalafila 10 ou 20mg.

Efeitos colaterais

Assim como vários medicamentos, o uso de Tadalafila pode causar efeitos colaterais indesejados, como por exemplo:

  • Dores de cabeça;
  • Dores musculares e nas costas;
  • Coriza ou congestão nasal;
  • Rubor facial;
  • Perda de visão.

Normalmente esses efeitos colaterais tendem a desaparecer em poucas horas, porém existem registros de casos onde sintomas como dores musculares desapareceram apenas depois de 12 a 24 horas após a ingestão do medicamento, e outros onde esse tempo chegou a 2 dias.

Os casos onde foi constatada a perda de visão por pacientes que fizeram uso de Tadalafila foram registrados em 2005, principalmente em pacientes que já apresentavam quadros de diabetes.

Contraindicações

Tadalafila é um medicamento que, apesar de possuir excelentes efeitos em pacientes com problemas confirmados de disfunção erétil, não deve ser utilizado por homens que não tenham essa condição diagnosticada.

Precauções também devem ser tomadas nos casos de pacientes que apresentem:

  • Problemas de fígado;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Úlceras;
  • Doença de Peyronie;
  • Dores no peito (angina);
  • Hipertensão;
  • Derrame;
  • Problemas renais.

Antes de começar a utilizar Tadalafila é necessário entrar em contato com seu médico para que ele possa analisar o seu caso especificamente e determinar qual deve ser o tratamento, levando em conta também seu histórico médico. Isso tudo também pode acontecer quando você toma viagra.

Tadalafila pode ajudar na musculação?

Por possuir característica de vasodilatador e aumentar a produção de testosterona no organismo humano, Tadalafila vem sendo bastante utilizado por atletas e pessoas que buscam formas de aumentar seu ganho de massa muscular mais rapidamente.

Apesar de todos esses benefícios para esse grupo de pessoas, esse medicamento não deve ser utilizado por pessoas que não possuem diagnóstico de disfunção erétil.

Se você considera a possibilidade de consumir esse medicamento como auxilio para melhorar os resultados de seus treinos, compreenda que Tadalafila não foi desenvolvido com essa finalidade, e que seu uso nesses termos pode acabar trazendo problemas no longo prazo.

Considerações finais

A disfunção erétil é uma doença que afeta milhões de homens ao redor do mundo, fazendo com que suas relações acabem se deteriorando consideravelmente quando não se procuram os tratamentos necessários.

O uso de Tadalafila é comprovadamente eficaz no tratamento da disfunção erétil e ajuda a trazer de volta a autoestima e a qualidade de vida dos pacientes que fazem uso desse medicamento.

Por apresentar contraindicações e efeitos colaterais dos mais simples aos mais graves, como a perda de visão, é preciso que antes de passar a consumir o medicamento o paciente procure o seu médico, para que ele possa direcionar o tratamento da maneira mais adequada de acordo com cada paciente.

Dessa forma evitam-se problemas futuros decorrentes da automedicação, que podem piorar sua saúde e diminuir muito sua qualidade de vida.

Deixe seu comentário!