QC Sexo

Fio terra: o que é e dicas para fazer com segurança e prazer

Para que o sexo não caia na rotina, muitos casais buscam trazer novidades para sua intimidade, e uma dessas novidades pode ser o fio terra.

Apesar dessa prática ser alvo de grande preconceito por parte da ala masculina, quem é adepto garante que gera muito prazer e não afeta em nada a masculinidade do homem, afinal não é esse tipo de coisa que faz com que alguém tenha sua orientação sexual definida.

Se você ainda não sabe do que se trata o fio terra ou deseja saber como praticar com segurança para obter o máximo de prazer, portanto, veja a seguir as nossas dicas sobre o assunto.

Do que se trata o fio terra?

Por mais que seja algo simples, essa prática é encarada por muita gente como algo proibido. O motivo? Basicamente porque a prática consiste em introduzir um ou mais dedos no ânus do parceiro.

Isso também é conhecido como “massagem da próstata”, o que pode gerar muito prazer para o homem, se o casal se despir de todo preconceito e apreciar a prática.

Devido à auto afirmação de masculinidade, no entanto, muitos homens acabam abrindo mão desse tipo de prazer, associando a prática ao homossexualismo.

Entretanto, a prática do fio terra não está ligada ao homossexualismo e sim ao prazer masculino. Assim como muitas mulher sentem prazer no sexo anal, muito homens podem potencializar o prazer ao estimular a próstata.

Massagear a região anal proporciona um grande prazer ao homem, pois essa região possui inúmeras terminações nervosas e vasos sanguíneos. Conforme os dedos são manipulados explorando a região, a próstata é atingida, gerando orgasmos intensos.

Precauções para praticar o fio terra

Assim como qualquer outro tipo de prática sexual, o fio terra também requer algumas precauções para que gere prazer com segurança. Falamos sobre elas nos próximos tópicos.

Preliminares

Para chegar à prática do fio terra não basta só chegar e já começar a introdução dos dedos no ânus do parceiro, antes de mais nada são necessárias muitas carícias que o parceiro fique relaxado e confortável com a situação.

Por isso mesmo, abuse dos carinhos, beijos e carícias, deixando ele pronto para dar mais um passo na relação sexual. Só assim ele se sentirá seguro e será mais prazeroso para ambos.

Unhas

A fim de evitar que dor ou desconforto, o parceiro que for realizar a introdução do dedo deve estar com as unhas aparadas de forma que não sobre nenhuma ponta. Isso além de evitar machucados no parceiro ainda evita contaminação com sujeiras nas unhas.

Lubrificante

Uma coisa que você deve ter em mente é que a região anal não possui uma lubrificação natural, logo, será necessário o uso de lubrificante para que a prática do fio terra seja confortável, indolor e prazerosa.

Procure usar lubrificante à base de água, não exagerando na quantidade, pois o lubrificante é apenas para os dedos deslizarem com mais facilidade.

Caso sinta mais confortável, use camisinha nos dedos, uma vez que a região anal possui várias bactérias. Assim terá mais segurança e higiene no ato.

Higienização

Antes de iniciar a relação sexual é importante que haja uma higienização de ambos os parceiros, mas principalmente de quem vai receber o fio terra. É importante que antes da prática a pessoa tenha evacuado e esteja com seu canal higienizado.

Uma boa opção é realizar uma ducha íntima, o acessório para essa prática é vendido em sex shop e até mesmo em farmácias.

Evite fazer essa higienização com a mangueirinha do chuveiro, pois dependendo da força da água isso pode gerar lesões em seu intestino, além do mais, o cloro presente da água também não faz bem para essa região, podendo causar infecções intestinais.

Agora para manter a parte externa do ânus limpa, basta usar um lenço umedecido íntimo antes do ato.

Beijo Grego

O beijo grego é uma prática que está ligada ao fio terra, uma vez que ambos proporcionam prazer anal. Quando você patica os dois no mesmo ato, isso proporciona mais prazer ao seu parceiro, deixando ele mais relaxado.

Como proporcionar mais prazer no fio terra

No momento em que for introduzir seu dedo no ânus do parceiro, procure fazer isso com toda delicadeza, não se esqueça que o esfíncter pode se contrair no momento em que seu dedo se aproximar da região anal.

Evite realizar movimentos de vai e vem, uma vez que o atrito pode gerar fissuras. Em vez disso, procure fazer massagem na região com movimentos circulares, de forma que aperta e solta de forma delicada as partes internas da região.

Preste atenção nos sinais que seu parceiro emite, pois é ele quem vai determinar qual o ritmo que mais lhe proporciona prazer. Normalmente a forma que mais agrada os parceiros é a com introdução do dedo em forma de gancho, ou seja, o dedo indicador voltado para cima, fazendo movimento de “vem cá”.

Outra dica para o homem ter mais prazer é bater uma punheta pra ele enquanto faz o fio terra.

Deixe ele confortável

Para que a prática do fio terra seja algo prazeroso, é importante que a pessoa esteja confortável durante a penetração, pois quanto mais relaxada a região anal estiver, mais prazeroso será o ato.

Normalmente, o homem se sente mais confortável deitado com a barriga voltada para cima, assim sua parceira pode fazer sexo oral e estimular a região anal ao mesmo tempo.

Converse sobre o assunto

Tenha intimidade com seu parceiro dentro e fora da cama. Procure conversar com ele sobre sexo, fantasias e fetiches, conversando abertamente e sem preconceitos sobre o que ambos gostariam de fazer e o que é possível dentro da relação de vocês.

Se cada um conhece seu respectivo corpo, além dos limites e prazeres, fica mais fácil dizer ao parceiro o que quer e como deseja.

Mais uma vez

É possível que na primeira vez que o casal praticar o fio terra isso não seja algo tão prazeroso, pois o medo da novidade pode impedir. Além disso, é possível que não sejam atingidos os pontos que geram prazer, por isso é importante tentar mais de uma vez.

Se for do seu interesse, vá aperfeiçoando a prática e pergunte ao parceiro como deseja os movimentos e onde está gerando mais prazer, lembre-se que a prática leva à perfeição.

Deixe seu comentário!