QC Sexo

Glândulas de Tyson: sintomas e tratamentos

Todos os homens possuem uma estrutura no pênis chamada de glândulas de Tyson. A função dessas glândulas é importantíssima para uma vida sexual mais saudável. Elas muitas vezes passam totalmente despercebidas e alguns homens nem sequer sabem da sua importância. Confira todas as informações sobre essas glândulas e quais possíveis complicações.

Para que o homem tenha uma vida sexual ativa e prazerosa é preciso que o pênis esteja saudável. O surgimento de doenças e feridas atrapalham o funcionamento desse órgão, por isso, aprender tudo sobre ele é uma das formas de pedir ajuda.

Alguns homens podem apresentar essas glândulas de maneira mais visível, elas se caracterizam como pequenas bolinhas brancas muito parecidas com espinhas em volta da cabeça do pênis.

O universo masculino é diferente das mulheres, os homens se preocupam muito mais com a estética do pênis do que com a própria saúde.

Muitos meninos ficam constrangidos por apresentarem essas glândulas de Tyson, que não são visíveis em todo mundo.

Ultrapassar essas barreiras limitantes é fundamental para que o garoto se mantenha saudável. Entenda mais sobre essas glândulas e veja se a sua está normal.

O que são as glândulas de Tyson e suas funções?

As glândulas de Tyson conhecidas também como Peroláceas Penile Papules são pequenas bolinhas brancas muito parecidas com espinhas que se localizam ao redor da cabeça do pênis.

Quando elas são visíveis no órgão, parecem uma coroa.

Essas glândulas receberam esse nome, por causa do cientista Edward Tyson que foi o primeiro a descobri-las pela primeira vez em 1694. Tanto suas características como suas funções são direcionada a proteção do pênis.

Apenas 12% dos homens apresentam essas glândulas de Tyson de maneira visível, o resto possuem de forma discreta sem causar nenhum desconforto estético.

Funções da glândula de Tyson

A função principal das glândulas de Tyson é secretar uma substância que serve principalmente para proteger a cabeça do pênis e facilitar o processo de penetração.

A substância secretada recebe o nome de esmegma que lubrifica o pênis para que não ocorra nenhuma dificuldade no momento da penetração.

Mesmo que em alguns homens essas glândulas não estejam visíveis, elas existem e estão desempenhando suas funções normalmente.

É muito importante que o homem realize a higiene do pênis corretamente, caso contrário o excesso dessa secreção que se acumula na glande, principalmente nos casos em que ela é coberta, facilitam o surgimento de infecções, que ao longo do tempo se tornam gravíssimas.

As glândulas de Tyson apresentam sintomas?

Ter as glândulas de Tyson aparente não é nenhum problema, pois elas não são consideradas uma doença e sim uma característica do seu corpo.

Muitos homens por falta de informação, quando se deparam com essas bolinhas brancas característica principal das glândulas, já pensam que é alguma doença sexualmente transmissível.

As glândulas de Tyson não são uma doença sexualmente transmissível. É preciso deixar isso muito claro.

Infelizmente, alguns profissionais confundem as características dessas glândulas e as diagnosticam como se fosse uma doença, como por exemplo o vírus HPV, entre outras.

É necessário procurar um Médico?

A resposta é depende!

Como você já conseguiu perceber e aprender, essas glândulas fazem parte do corpo humano e em cada homem elas se apresentam de uma maneira.

Você só terá problemas com as suas glândulas de Tyson se não realizar a higiene de maneira correta.

A procura pelo Médico ocorrerá se aparecerem infecções ou se esteticamente você não estiver muito feliz com elas.

Lembre-se que o mais importante é você estar bem com o seu próprio corpo, mesmo que para isso você tenha que fazer alguns procedimentos cirúrgicos.

Quais são os melhores tratamentos para as glândulas de Tyson?

Os tratamentos feitos para quem possui as glândulas de Tyson são mais estéticos, ou seja, quando o homem não gosta dessas bolinhas brancas características e deseja tirá-las.

Os procedimentos para a retirada dessas glândulas são cirúrgicos e geralmente não provocam efeitos colaterais. A única coisa que pode acontecer é um leve ressecamento da glande nos primeiros dias após a cirurgia.

Quem determina qual cirurgia fazer é o Médico Urologista, portanto nunca se automedique ou cutuque essas bolinhas para não ter ferimentos e infecções.

Ainda não existem no mercado, pomadas e loções milagrosas que prometem tirar todas essas bolinhas, pois elas não são iguais espinhas.

Mesmo que você não se sinta confortável com essas glândulas e queira retirá-las, o mais importante é que você esteja e se mantenha saudável. Lembre-se qualquer dano que você provocar no pênis pode ser fatal para a sua vida sexual.

É possível removê-las?

A resposta é sim!

Os tratamentos que removem as glândulas de Tyson são feitos por profissionais habilitados.

Médicos Urologistas são os profissionais especializados para esse tipo de remoção segura.

Confira a seguir os principais métodos de remoção existentes.

Cauterização

A cauterização é um dos mecanismos de remoção considerado mais simples. Nele ocorre a queima da região onde essas bolinhas estão, graças a pequenas descargas elétricas.

Em apenas 1 sessão na maioria dos casos já ocorre o desparecimento dessas bolinhas.

Muitos tem medo da anestesia, nesse procedimento a anestesia é local e a cirurgia demora aproximadamente 1 hora.

É um procedimento cirúrgico simples, quem está buscando uma coisa rápida esse procedimento é o mais indicado.

Cirurgia

Procedimentos cirúrgicos devem ser realizados em centros médicos especializados com a supervisão de um Médico especialista.

Geralmente esses procedimentos cirúrgicos para a remoção das glândulas de Tyson ocorrem com anestesia local e com o auxílio de um bisturi que será o instrumento responsável por removê-las.

Jamais tente cutucar as suas bolinhas e nem tente furá-las ou espreme-las. Por mais que elas se pareçam com espinhas, elas não são e se por acaso você provoca uma infecção e não trata de maneira correta, as chances de você até mesmo falecer são enormes.

Alguns homens acabam ficando desapontados, pois mesmo depois desses procedimentos para a remoção das glândulas, algumas podem voltar.

Lembre-se sempre que essas glândulas fazem parte do seu corpo e que não são consideradas umas doença, portanto, se voltarem é porque pertencem  ao seu organismo.

Antes de fazer qualquer procedimento desses, não esqueça de conversar sobre esse assunto com o seu médico.

Deixe seu comentário!