QC Sexo

Exercícios Kegel: para que serve? Funciona? Saiba tudo aqui

Exercícios Kegel podem ser utilizados com objetivos que vão além do controle do fluxo urinário.

Os exercícios desenvolvidos ainda nos anos 1940 são bastante eficientes e fáceis de realizar, o que torna seu uso bastante recomendado.

Nesse artigo você vai entender o que são os exercícios Kegel, como pode fazer esses exercícios e como eles podem ajudar homens e mulheres em vários aspectos.

O que são exercícios Kegel?

Os exercícios Kegel são utilizados sempre que há a necessidade de se conter perdas involuntárias de urina que podem ocorrer em mulheres e homens.

Essa incontinência urinária pode ocorrer quando existe o enfraquecimento dos músculos pélvicos, responsáveis por promover a sustentação necessária tanto para a vagina quanto para a bexiga para que ocorra a retenção adequada da urina.

Além de fortalecer os músculos dessa região, os exercícios Kegel também ajudam a deixar os músculos vaginais mais sensíveis.

A prática desse tipo de exercício e o consequente aumento da sensibilidade da região pélvica devido ao aumento da circulação sanguínea aumentam o prazer durante o contato sexual.

Onde surgiu?

Os exercícios Kegel foram desenvolvidos pelo ginecologista americano Arnold Kegel, que ainda nos anos 1940 percebeu que os casos de incontinência urinária que chegavam a seu conhecimento tinham total correlação com o enfraquecimento da musculatura do assoalho pélvico, ou musculatura perineal.

A partir dessa observação o Dr. Kegel passou a orientar suas pacientes para que essas realizassem determinados exercícios com o objetivo de fortalecer a região enfraquecida e, consequentemente eliminar a causa da incontinência urinária.

Apesar de terem sido estudados e aplicados no século passado, há indícios que apontam para a utilização de exercícios semelhantes já na China antiga.

Como fazer os exercícios Kegel?

Esse tipo de exercício pode ser feito em casa, na faculdade, no ônibus, no trabalho, no supermercado ou em qualquer outro lugar, sem que seja necessário que você dedique parte do seu dia a eles.

Confira as instruções para começar a fazer os exercícios Kegel hoje mesmo:

  1. Para descobrir quais músculos precisa trabalhar durante os exercícios tente iniciar e interromper o fluxo da urina enquanto estiver urinando.
  2. Depois de entender quais músculos devem ser exercitados, faça movimentos de contração desses músculos, segurando por 4 segundos, e depois relaxe.

Para obter bons resultados com esse exercício o ideal é repeti-lo cerca de 10 vezes, durante mais ou menos uma semana.

Orientações para fazer os exercícios corretamente

O ideal para que os exercícios Kegel produzam o resultado esperado é tentar fazer os movimentos de contração apenas do músculo pélvico.

Ao contrair pernas, estômago ou outros músculos esses poderão exercer uma pressão muito grande sobre a bexiga, atrapalhando o processo de fortalecimento da região.

A repetição dos exercícios é extremamente importante, porém é preciso tomar cuidado para não exagerar na dose e acabar causando lesões na musculatura pélvica.

Também é importante entender que os resultados não surgirão de um dia para o outro. Por isso a paciência é fundamental para conseguir alcançar o fortalecimento da musculatura pélvica e acabar com a incontinência urinária.

O que é Biofeedback?

Biofeedback é um tipo de aparelho utilizado para monitorar os movimentos de contração perineal, auxiliando a melhorar o resultado dos exercícios.

Com o uso de um aparelho de biofeedback o paciente consegue visualizar sua contração através de gráficos e outros indicadores exibidos na tela do computador.

Outros equipamentos utilizados

Além dos exercícios que podem ser feitos em qualquer lugar apenas com a realização dos movimentos de contração e relaxamento da musculatura pélvica existem também equipamentos que auxiliam a melhorar os resultados do tratamento, como por exemplo:

  • Gameterapia: o paciente utiliza um aparelho de realidade virtual onde vai interagir com diversos cenários enquanto realiza os movimentos de contração.
  • Cones: conhecidos também como pesos vaginais, os cones realizam uma espécie de musculação perineal, que terá os seus pesos definidos após avaliação médica, e conforme o tratamento evolui os cones podem aumentar de peso.
  • Eletroestimulador: esse tipo de aparelho é recomendado para pacientes que possuem flacidez ou pouca força na musculatura perineal. Os músculos recebem estímulos elétricos que auxiliam nos movimentos de contração, sem causar nenhum tipo de dor ao paciente.

Exercícios Kegel na gravidez?

A prática dos exercícios Kegel durante o período gestacional, além de auxiliar no combate a incontinência urinária presente em toda a gestação,

Realizar esses exercícios também serve como treinamento para o momento do parto, já que é preciso fazer força para que o bebê possa nascer e diminuir as dores e o tempo do trabalho de parto.

Exercícios Kegel para homens?

Além de ser recomendado para o tratamento da incontinência urinária, os exercícios Kegel para homens também são bastante recomendados no combate a ejaculação precoce e a disfunção erétil.

Esses exercícios aumentam a tensão do músculo pubococcígeo, promovem a elevação dos testículos e aumentam a sensibilidade de toda a região genital através do reforço do esfíncter anal e do músculo cremáster.

Os principais benefícios da prática dos exercícios Kegel nos pacientes do sexo masculino são:

  • Maior controle sobre as fezes;
  • Melhora o desempenho sexual;
  • Combate a perda de urina involuntária;
  • Combate a ejaculação precoce;
  • Combate a disfunção erétil;

Como fazer exercícios Kegel?

Para realizar os exercícios Kegel os homens precisam apenas:

  1. Tentar parar ou diminuir o jato de urina durante o fluxo para que seja possível identificar o músculo que precisa ser fortalecido.
  2. Fazer movimentos de contração do músculo identificado no momento da interrupção do jato.

O ideal é que a contração seja sempre realizada com força, mas no começo é comum que o movimento dure cerca de 1 segundo apenas. Com o tempo e a repetição constante do movimento as contrações poderão ser mantidas por tempos maiores.

Contraindicações

A realização dos exercícios Kegel não possui grandes contraindicações, porém é preciso tomar apenas um cuidado ao colocar em prática esse tipo de tratamento.

Depois de identificado o músculo pubococcígeo para que você saiba qual músculo deve ser fortalecido, realizar os exercícios enquanto estiver urinando pode fazer com que um quadro de infecção no trato urinário possa se desenvolver com certa facilidade.

Conclusão

Os exercícios Kegel são excelentes para combater os problemas de incontinência urinária em pacientes de ambos os sexos, da mesma forma que são bastante utilizados para aumentar a sensibilidade da região genital e melhorar o desempenho sexual e aumentar o prazer durante o contato sexual.

Esse tipo de exercício pode ser realizado em qualquer lugar sem que ninguém perceba, o que facilita demais o tratamento, independente do seu objetivo.

Deixe seu comentário!