QC Sexo

Nofap: entenda a prática de “não masturbação” e seus benefícios

Nofap é um termo originário da língua inglesa que, em tradução livre, significa “sem masturbação”, utilizado para definir a prática de não masturbação, realizada por homens e mulheres que se vêem diante de um problema dos tempos modernos – o vício em pornografia.

O número de pessoas que consomem material pornográfico exageradamente cresce a cada dia, principalmente graças à facilidade que a internet trouxe para todos.

Hoje você vai entender melhor o que é o nofap, como ele surgiu, quais seus objetivos e que benefícios essa prática pode trazer para você. Boa leitura!

O que é o nofap?

Nofap é uma plataforma online destinada a usuários que desejam se livrar do vício em pornografia e masturbação consequentemente.

A plataforma é uma espécie de fórum onde usuários podem compartilhar suas experiências e consumir conteúdos auxiliares em diversos formatos.

Mesmo com muitas críticas, o site afirma que não se trata de um movimento contra pornografia, ou contra sua produção e consumo, mas apenas uma forma de ajudar pessoas que assumem que têm um problema relacionado ao tema.

Como surgiu o nofap?

O site nofap.com surgiu em 2011, após seu fundador Alexandre Rhodes participar de uma discussão sobre um estudo realizado na China que apontava que homens que se abstêm de masturbação por uma semana conseguem aumentar seus níveis de testosterona em mais de 140%.

Dessa discussão nasceu o site, que no início realizava desafios entre os membros da sua pequena comunidade que envolviam abstinência de masturbação por um período determinado pelo próprio site.

Hoje, cada membro da comunidade define seus próprios desafios de acordo com seus objetivos, o que fez com que o site se tornasse um local onde as pessoas busquem orientação para seu consumo compulsivo de pornografia.

Quais são os objetivos do nofap?

O principal objetivo do nofap é oferecer aos usuários todas as ferramentas necessárias, além de apoio de sua comunidade, para que as pessoas viciadas em pornografia e masturbação possam se livrar do problema, melhorando sua qualidade de vida em diversos aspectos.

Esse apoio se justifica com base em diversos estudos e pesquisas que mostram que pessoas que consomem muita pornografia apresentam alterações hormonais e causam dependência através de mudanças das redes neurais do cérebro.

O desafio nofap consiste em atingir uma meta previamente estipulada de um período sem masturbação, consumo de pornografia e qualquer outro contato sexual.

O objetivo desse desafio é promover a desintoxicação completa do cérebro da influência negativa do consumo excessivo de material pornográfico.

O tempo do desafio pode variar dependendo do objetivo de cada um, então, é bastante comum encontrar relatos de pessoas que realizaram o desafio por 21 dias, 30 dias ou 120 dias.

Problemas do vício em pornografia

Apesar de já ser comprovado que o consumo de pornografia pode ajudar tanto homens e mulheres a conhecerem melhor seus corpos e consequentemente as formas como sentem mais prazer, o consumo desse tipo de material em excesso pode trazer problemas.

Muita gente vem experimentando o lado negativo que o consumo exagerado de pornografia pode trazer para suas vidas.

Homens e mulheres relatam em todas as partes do mundo que consumir material pornográfico se tornou algo compulsivo, incontrolável.

Não são poucos os relatos de pessoas que acabam deixando vários aspectos de suas vidas em segundo plano para passar horas a fio assistindo esse tipo de conteúdo.

Compromissos sociais, como festas e encontros com amigos e familiares, trabalho e relacionamentos afetivos acabam ficando de lado, fazendo com que a pessoa passe a viver cada vez mais isolada, até o momento em que ela percebe que está sozinha.

Nesse ponto, a pessoa sofre muitos prejuízos também em sua vida sexual, já que passa a ter pouca energia para manter uma relação sexual satisfatória com seu parceiro, o que pode acabar levando a outros problemas.

Um dos principais fatores apontados como causadores desse vício é a facilidade de acesso a esse tipo de conteúdo.

Com o avanço a internet e das novas formas de comunicação nos últimos anos, as pessoas podem receber centenas de imagens e vídeos de conteúdo pornográfico em instantes, material que é renovado diariamente através dos grupos de aplicativos de troca de mensagens, como o WhatsApp, por exemplo.

O que antes era algo bastante restrito hoje está disponível para qualquer pessoa e isso faz com que muita gente não consiga determinar um limite para consumir esse tipo de material.

Quais são os benefícios da “não masturbação”?

Relações sexuais e masturbação frequentes comprovadamente ajudam os indivíduos de diversas formas como, por exemplo, na diminuição dos níveis de estresse.

Alguns dos principais benefícios da não masturbação, ou da abstinência, relatados por diversas pessoas, são:

  • Sensação de alívio psicológico: o número de mulheres e homens que experimentam sentimentos como vergonha e culpa, principalmente nos casos onde a pessoa tenta atingir o orgasmo várias vezes durante o dia, é grande;
  • Maior apetite sexual: durante o intervalo da abstinência, tanto homens quanto mulheres relataram que sentiram seu apetite sexual aumentar consideravelmente em comparação aos períodos de masturbação mais frequente;
  • Aumento da produtividade: uma grande quantidade de pessoas que experimentaram períodos de abstinência afirmam que, durante esse tempo, conseguiram colocar em andamento diversos projetos pessoais que antes ficavam em segundo plano diante da necessidade de masturbação;
  • Maior disposição: o simples fato de não se masturbar por um determinado período ajuda muitas pessoas a se sentirem mais dispostas para encarar qualquer tipo de desafio que a rotina possa apresentar.

Cuidados com a abstinência

Se a não masturbação pode trazer benefícios para quem se dispõe a cumprir o desafio, também é possível que esse comportamento traga alguns incômodos.

Afinal de contas, qualquer pessoa que se priva de uma conduta sexual por poucos dias pode passar a apresentar alterações de comportamento.

É bastante comum que pessoas que estão na fase do desafio nofap se tornem mais agressivas e acabem criando situações difíceis nos mais diversos ambientes.

Para evitar esse tipo de problema, o ideal é procurar alguma atividade que tenha a função de tirar o foco do desafio para que você consiga passar pelo período sem maiores dificuldades.

Conclusão

Nofap, ou não masturbação, é uma prática que vem sendo bastante utilizada por homens e mulheres de diversas idades em muitos países.

Esse tipo de desafio tem como objetivo promover a desintoxicação do cérebro das pessoas que consomem pornografia de maneira compulsiva e consequentemente passam boa parte do seu tempo tentando atingir o maior número de orgasmos possível.

A prática da não masturbação pode ajudar essas pessoas a lidar com sentimentos como culpa e vergonha sentidas logo após a masturbação, além de trazer outros benefícios para quem se propõe a encarar esse desafio.

Deixe seu comentário!